Início » Notícias » Rede de Sementes do Cerrado

Tag: Rede de Sementes do Cerrado

Rede de Sementes do Cerrado fortalece a geração de renda para comunidades por meio da comercialização de espécies nativas para a restauração

por Luana Luizy, Assessora de Comunicação, Instituto Internacional de Educação do Brasil

Já pensou em fomentar o comércio de sementes nativas, promover uma fonte de renda para as populações tradicionais e ainda restaurar áreas degradadas? É dessa forma que atua a Rede de Sementes do Cerrado (RSC), associação que trabalha na articulação para o fortalecimento da atividade de coleta de sementes de espécies nativas da flora do Cerrado.

O foco de atuação da Rede está voltado para a região da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, além de Brasília e no norte de Minas Gerais. “Um dos nossos eixos de atuação é a restauração, fazer com que áreas degradadas voltem o mais próximo possível da sua formação original, com todas as suas funções ecológicas ali envolvidas. Também promovemos a comercialização das sementes nativas e, assim, a restauração do bioma Cerrado”, comenta Camila Motta, presidente da RSC.

Mãos que fazem toda a diferença na restauração do Cerrado. Foto: Dudu Coladetti / Acervo RSC

O cunho social do trabalho desenvolvido pela Rede é um dos principais pilares da organização, uma vez que a comercialização das sementes nativas gera renda para as comunidades locais, além de estimular a conservação de áreas por essas populações. “Um fator muito importante na cadeia da restauração é o envolvimento social. O papel do coletor de sementes é muito importante não só para a geração de renda, mas também para a restauração, e o objetivo principal é a conservação, trazer o Cerrado de volta”, explana Camila Motta.

Ao todo, já foram 450 pessoas capacitadas na produção de sementes nativas e na restauração ecológica, 11 comunidades beneficiadas, 250 hectares em processo de restauração, mais de 30 negócios fechados com a comercialização e mais de 10 toneladas de sementes já comercializadas com o apoio do projeto “Mercado de Sementes e Restauração: Provendo Serviços Ambientais e Biodiversidade”, além dos apoios do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) e do Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB).

O presidente da Associação Cerrado de Pé, Claudomiro de Almeida, nativo da região da Chapada dos Veadeiros, foi um dos beneficiários do projeto, junto com a sua organização: “Essa parceria foi fundamental. Hoje, a nossa associação conta com muitas famílias envolvidas no projeto. A RSC nos apoia na organização, na busca dos compradores da semente, também com capacitações para os coletores. As famílias fazem o que sabem, que é coletar e armazenar as sementes, e a RSC vem com esse suporte.”

Coletora participa de semeadura no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros em Goiás. Foto: Dudu Coladetti/Acervo RSC

A pandemia gerou desafios e dificuldades para muitas organizações, que precisaram se reinventar. Para a Rede Sementes do Cerrado, 2020 foi o ano com melhores resultados na comercialização de sementes, segundo Camila Motta; dentre outros fatores, isso se deve ao avanço sobre a pauta da restauração: “O aumento da necessidade dos produtores rurais se adequarem ambientalmente, as empresas, o efeito dos cursos que fizemos, toda mobilização que o projeto faz com as parcerias. Todos esses fatores juntos estão refletindo na prática. Ano passado foram 30 negócios fechados”.

Capacitação com o Consórcio Cerrado das Águas

A capacitação de produtores rurais e a demanda por restauração através de sementes nativas propiciou a parceria com o Consórcio Cerrado das Águas (CCA). A Rede Sementes do Cerrado (RSC) forneceu sementes nativas para o CCA, e, em 2021, será realizada pelas duas organizações uma capacitação, à distância, para os produtores do município de Patrocínio (MG), sobre a coleta de sementes nativas e restauração. “Por meio desse curso vamos capacitar os produtores rurais no que tange à restauração”, afirma Camila Motta.

Conheça mais o trabalho da Rede de Sementes do Cerrado (RSC): https://www.rsc.org.br/

Baixe o calendário para orientar a coleta de sementes nativas incluindo árvores, arbustos, gramíneas e outras ervas do Cerrado. Todas as informações são regionais e específicas da Chapada dos Veadeiros (GO). A comercialização de sementes gera renda para mais de 60 famílias e ajuda a conservar o Cerrado!

 

 


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

Em encontro virtual com coletores, RSC e Associação Cerrado de Pé definem preço e potencial de coleta para 2021

por Maria Antônia Perdigão, via Rede de Sementes do Cerrado 

Em oficina realizada nesta terça-feira, 26, a Rede de Sementes do Cerrado (RSC) e a Associação Cerrado de Pé reuniram coletores e a equipe técnica do Projeto Mercado de Sementes e Restauração: Promovendo Serviços Ambientais e Biodiversidade para elaborar o planejamento das ações para 2021. O encontro aconteceu virtualmente e contou com a presença da consultora Regina Erismamm.

Além da revisão dos preços das sementes disponíveis para a venda pela Associação por intermédio da RSC, o potencial de coleta e as vantagens do beneficiamento das sementes nativas do Cerrado, que são utilizadas no processo de restauração do bioma por meio da semeadura direta, também foram pautados durante a reunião.

Foto: ©Amalia Robredo/Acervo RSC

Na ocasião, os próprios coletores definiram os preços das espécies que serão comercializadas em 2021. “Em todo início de ano, a Rede de Sementes do Cerrado realiza esta oficina com os coletores para que eles possam definir o preço e o potencial de coleta. Esta definição leva em consideração vários aspectos como, por exemplo, o beneficiamento de sementes. É importante frisar que a Associação vem entregando sementes mais puras que proporcionam resultados melhores na restauração. Isso acaba tornando o processo mais trabalhoso e um pouco mais caro. Em virtude das experiências vividas em anos anteriores, o preço de algumas espécies precisou ser revisado para 2021”, ponderou a Presidente da RSC, Camila Motta.

O beneficiamento das sementes continuará sendo priorizado pela Associação Cerrado de Pé conforme adiantou o Presidente Claudomiro de Almeida. “Temos algumas espécies que são bem complexas para beneficiar e demandam muito trabalho.  A gente define o preço levando em conta o esforço do coletor e ainda, as vantagens para o cliente que vai receber as sementes com mais qualidade”, destacou.

Na oportunidade, Claudomiro anunciou que a Associação está oferecendo o serviço de restauração ecológica. “Isso é muito bom, pois além de permitir que o coletor participe da restauração de áreas degradadas, gera mais um complemento de renda”, completou.

O projeto

A comercialização de sementes nativas do Cerrado é uma iniciativa da RSC através do Projeto Mercado de Sementes e Restauração: Promovendo Serviços Ambientais e Biodiversidade que conta com o apoio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF), Instituto Internacional de Educação do Brasil e do Instituto Caixa Seguradora.  Utilizadas na restauração ecológica pelo método de plantio da semeadura direta, essas sementes são coletadas por pequenos produtores rurais, assentados e quilombolas que integram a Associação Cerrado de Pé.

Maria Antônia Perdigão- (61) 98327-3415
Assessoria de Comunicação da Rede de Sementes do Cerrado

O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

Rede de Sementes do Cerrado prorroga para 25/1 o prazo de recebimento de propostas para aplicação de cursos em formato EAD

A Rede de Sementes do Cerrado, para a execução do projeto “Mercado de Sementes e Restauração: Provendo Serviços Ambientais e Biodiversidade”, que conta com o financiamento do Fundo de Parceria Para Ecossistemas Críticos (CEPF Cerrado) e apoio do Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), está contratando serviço técnico especializado para desenhar e executar estratégia de aplicação dos cursos “Introdução à Semeadura Direta” e “Coleta e Beneficiamento de Sementes Nativas” em formato online (EAD) conforme o Termo de Referência abaixo.

Os interessados devem enviar proposta para o e-mail sementescepf@rsc.org.br até 25/01/2021.

 O serviço técnico especializado visa desenhar e executar estratégia de aplicação dos cursos “Introdução à Semeadura Direta” e “Coleta e Beneficiamento de Sementes Nativas” em formato online (EAD), para diferentes públicos-alvo, e produção de conteúdo complementar aos cursos acima, no âmbito do projeto “Mercado de Sementes e Restauração: Provendo Serviços Ambientais e Biodiversidade”, tendo em vista a adequação e ampliação de cursos de capacitação.

Confira o Termo de Referência – Clique Aqui

 


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

Rede de Sementes do Cerrado contrata empresa especializada em diagnóstico para a gestão de negócio socioambiental

A Rede de Sementes do Cerrado no âmbito do projeto “Mercado de Sementes e Restauração: Provendo Serviços Ambientais e Biodiversidade” , que conta com apoio do Fundo de Parceria Para Ecossistemas Críticos e Instituto Internacional de Educação do Brasil, está contratando serviço técnico especializado para realização de DIAGNÓSTICO DO PROCESSO DE GESTÃO DE NEGÓCIO SOCIOAMBIENTAL, IMPLANTAÇÃO DE MELHORIAS PÓS-DIAGNÓSTICO E ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS, conforme Termo de Referência  abaixo.

 

As empresas interessadas devem enviar proposta para o e-mail  sementescepf@rsc.org.br até 10/08/2020.

Mais informações no site da Rede de Sementes do Cerrado.


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

Mercado de Sementes e Restauração: Promovendo Serviços Ambientais e Biodiversidade

via Rede de Sementes do Cerrado

O ano de 2020 começou com boas expectativas para a equipe da Rede de Sementes do Cerrado (RSC).  Dando continuidade às ações do Programa de Desenvolvimento Institucional da Associação Cerrado de Pé, a Rede realizou nos dias 19 e 20 de janeiro, o 5º encontro com os coletores de sementes.

Na ocasião, coletores de Alto Paraíso, Moinho, São Jorge, Teresina de Goiás, Cavalcante e território Kalunga juntamente com voluntários da Associação Cerrado de Pé e equipe técnica do Projeto participaram da oficina, ministrada pela consultora Regina Erismamm, que ocorreu com o objetivo de elaborar o planejamento das ações para 2020, principalmente, no que tange a revisão dos preços das sementes disponíveis para a

Foto: ©Gabriel Rosa/Acervo RSC

venda pela RSC.

O encontro foi ainda, uma boa oportunidade para discutir as vantagens do beneficiamento das sementes nativas do Cerrado.  Em 2019, a Rede de Sementes do Cerrado por meio do Projeto Mercado de Sementes e Restauração: Promovendo Serviços Ambientais e Biodiversidade direcionou suas atividades de capacitação para o melhoramento do beneficiamento das sementes  usadas no processo restauração deste importante bioma, através da técnica de plantio denominada semeadura direta.

Outra atividade de destaque desenvolvida neste mês de janeiro, foi a disponibilidade de semente nativas em estoque para venda imediata. Vale lembrar que, com o intuito de ofertar maior qualidade e variedade de sementes, a RSC trabalha sob encomenda. As encomendas, que nortearão as coletas de 2020, já podem ser realizadas pelo e-mail vendas@rsc.org.br

Projeto Mercado de Sementes e Restauração: Promovendo Serviços Ambientais e Biodiversidade

O projeto Mercado de Sementes e Restauração: Provendo Serviços Ambientais e Biodiversidade, que é executado pela Rede de Sementes do Cerrado e conta com apoio do Fundo de Parceria para  Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) e Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), atua nos principais elos da cadeia de produção de sementes nativas: os coletores de sementes, os diversos tipos de compradores de sementes e a interligação entre estes atores, no intuito de capacitar estes coletores de sementes nativas; divulgar ações e técnicas bem sucedidas de restauração e fortalecer local e regionalmente o comércio de sementes de espécies nativas do Cerrado, melhorando a interface comercial entre coletores e consumidores de sementes nativas.

Acompanhe a Rede de Sementes do Cerrado:

Instagram: @redesementesdocerrado

Facebook: Rede de Sementes do Cerrado

YouTube : Rede de  Sementes do Cerrado 


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.