Início » Notícias » buriti

Tag: buriti

Projeto em foco: Buriti – geração de renda para jovens e mulheres, conservação das Veredas e Chapadas

A Vereda é um tipo de formação vegetal do Cerrado que é circundada por campos típicos, geralmente úmidos, com a presença da palmeira buriti (Mauritia flexuosa). Este tipo de ecossistema garante a umidade mesmo em períodos de seca, tornando-se um refúgio da fauna e da flora.

O projeto Buriti – geração de renda para jovens e mulheres, conservação das Veredas e Chapadas, que é executado pela Cooperativa dos Agricultores Familiares e Agroextrativistas Grande Sertão Ltda., e conta com apoio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Funde Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) trabalha na conservação das Veredas, através da geração de trabalho e renda junto aos povos e comunidades tradicionais do norte de Minas Gerais, em especial jovens e mulheres, que com frequência tomam frente nos trabalhos que envolvem o agroextrativismo e o beneficiamento dos produtos.

Conheça a história da veredeira e agricultora Zenita, que possui uma propriedade em Brasília de Minas, norte mineiro. Desde os 10 anos de idade Zenita tem contato com as Veredas, o buriti e o Cerrado, e hoje, com o conhecimento que herdou de seus pais, faz a coleta dos frutos do buriti para a geração de renda. A Cooperativa Grande Sertão faz o aproveitamento do buriti e de outros frutos do Cerrado, que são coletados por agricultores como Zenita. A cooperativa faz o processo de logística e desenvolve subprodutos como o óleo e farinha, além de outros.

Acesse o vídeo para conhecer a história de Zenita e o trabalho da Cooperativa Grande Sertão no Cerrado do norte de Minas Gerais!

 


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

Projetos em foco: Buriti – geração de renda para jovens e mulheres, conservação das Veredas e Chapadas

Acervo Grande Sertão
Acervo Grande Sertão

 

No mês de agosto a Cooperativa Grande Sertão, que executa o projeto Buriti – geração de renda para jovens e mulheres, conservação das Veredas e Chapadas com apoio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) e Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), realizou uma visita a Belém (PA) no intuito de consolidar e construir novos canais de comercialização para os produtos da sociobiodiversidade do Cerrado mineiro. O produto em destaque é o óleo de buriti, que é elaborado na planta industrial da Cooperativa Grande Sertão, em Montes Claros (MG). Para isso, a Cooperativa conta com mais de 400 famílias de agricultores(as) familiares e extrativistas cadastradas, que fornecem a polpa do buriti “raspa”, que é utilizada para produzir o famoso óleo, rico em nutrientes. O foco dessa atividade foi visitar empresas do ramo cosmético e alimentício, como a NATURA e BERACA.

Neste mês de setembro, a Grande Sertão recebeu a  visita de um grupo de técnicos do Rio Grande Sul, representado o CETAP – Centro de Tecnologias Alternativas Populares. O foco do intercâmbio foi conhecer a experiências desenvolvidas com a utilização dos produtos da sociobiodiversidade. O trabalho desenvolvido com as comunidades, agricultoras,  agricultores familiares e extrativistas no arranjo produtivo do buriti foi apresentado como uma experiência inovadora na região, o que possibilitou a construção de um diálogo para o futuro estabelecimento de uma parceria entre as instituições. Ainda neste mês, a Cooperativa Grande Sertão estará em campo com as comunidades do Peruaçu e na Terra Indígena Xacriabá, para avaliar a safra de buriti.

 

*Texto fornecido pela Cooperativa Grande Sertão


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão, da Fundação MacArthur e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.