Início » Notícias » oportunidade

Tag: oportunidade

Associação Quilombo Kalunga divulga termo de referência para jornalista

A Associação Quilombo Kalunga (AQK) é uma organização civil, constituída por moradores do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, área remanescente de quilombo inserida nos municípios de Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás, a maior do Brasil. A associação tem por finalidade promover a defesa dos interesses do povo Kalunga, sendo os principais objetivos: promover a integração e o convívio social das pessoas como forma de fortalecimento da cultura; desenvolvimento econômico e social, através do estímulo e promoção de atividades agrícolas, pecuária e agroextrativista; promover o desenvolvimento de atividades para a conservação e preservação do meio ambiente, o uso sustentável dos recursos naturais e a promoção de empreendimentos desenvolver ecologicamente corretos e realizar a gestão ambiental e territorial.

A união de novas tecnologias para ajudar na proteção, conservação e uso consciente da terra e dos recursos hídricos da região do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, esse foi o pensamento inicial, quando em 2016/2017, a AQK formulou um projeto para, em parceria com o Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF, na sigla em inglês) e o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), realizar o mais completo levantamento já feito em uma área remanescente de quilombo em território brasileiro.

O projeto o “Uso do Geoprocessamento na Gestão do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga”, que é executado com apoio do CEPF Cerrado, baseia-se em quatro componentes básicos:

  1. Estruturar um Sistema de Informações Geográficas – SIG, no sistema de informações para trabalhar com mapas e informações geográficas denominado ARcGis, que está associado a um banco de dados físicos e socioeconômicos desenvolvido na plataforma MySQL que é um sistema de gerenciamento de bancos de dados, que utiliza a linguagem SQL como interface;
  2. Auxiliar a Associação Quilombo Kalunga no fortalecimento da organização do povo Kalunga para realizar gestão com a participação das comunidades através de seus representantes eleitos em assembleias Locais da AQK;
  3. Divulgar a existência de 19 espécies ameaçadas do Cerrado da Chapada dos Veadeiros (Goiás);
  4. Assessorar a Diretoria da AQK na busca do avanço da regularização fundiária.

Recentemente a AQK identificou a necessidade de ampliar e fortalecer a comunicação entre a diretoria e o povo Kalunga, de fazer uma comunicação voltada para dentro do território e ao mesmo tempo para fora, visando alcançar toda sociedade sobre os resultados e impactos deste projeto, assim como comunicar a realidade e os desafios do território e do povo Kalunga. Neste sentido, a Associação Quilombo Kalunga torna público aos/as interessados/as o termo de referência para a contratação de serviços profissionais para realizar assessoria de comunicação para diretoria da AQK, assim como a comunicação interna para o povo Kalunga e externa para toda a sociedade, utilizando todas as ferramentas disponíveis e o site www.quilombokalunga.org.

Os profissionais ou empresas interessadas em executar os serviços apresentados terão até o dia 28 de Outubro de 2020 às 18h (horário de Brasília) para enviarem via e-mail as suas propostas, juntamente com a documentação solicitada conforme descrito no Termo de Referência, que pode ser acessado logo abaixo:

 

Para mais informações, entre em contato com:

Associação Quilombo Kalunga

telefone: (62) 3494-1062

e-mail: aqkalunga@gmail.com


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

Cooperativa Grande Sertão reabre seleção para contratação de serviço de consultoria no âmbito do projeto apoiado pelo IEB e CEPF Cerrado

Cooperativa Grande Sertão vem desenvolvendo ações em torno da sustentabilidade e da agroecologia, discutindo novos conceitos, apresentando soluções e desenvolvendo estratégias de ação colaborativa no intuito de promover o fortalecimento das comunidades agroextrativistas. Dentre as ações desenvolvidas destaca-se um processo contínuo de transferência e construção do conhecimento com práticas de formação em associativismo e cooperativismo, boas práticas de produção e desenvolvimento de produtos alimentícios com frutos do Cerrado, além de buscar fortalecer a gestão e conservação dos territórios rurais onde se pratica o agroextrativismo sustentável.

Dessa forma cadeias produtivas de frutos do Cerrado vêm sendo organizadas, construídas e fortalecidas, como exemplo: o buriti (Mauritia flexuosa) que ocorre em regiões de veredas com abundância de água, vem sendo aproveitado de forma sustentável para a produção de polpas e extração de óleos; o pequi (Caryocar brasiliense) utilizado para a produção de farinhas, polpas e óleos; o coquinho-azedo (Butia captata) utilizado para produção da polpa congelada, cervejas e doces; o baru (Dipteryx alata), que além do consumo in natura, está sendo em experimento para a produção de óleos e outros produtos em potencial, que estão em processo de desenvolvimento. A Cooperativa segue buscando formas de ampliar o trabalho para novas comunidades e municípios do norte de Minas Gerais, com foco em fortalecer as economias locais e promover a conservação dos ecossistemas.

Neste sentido, a Cooperativa Grande Sertão torna público aos/as interessados/as o termo de referência para a contratação de serviço técnico especializado para apoiar às atividades de assistência técnica, visando a padronização e a melhoria contínua da qualidade nutricional e sanitária dos produtos do Cerrado que são coletados, processados e comercializados pela Cooperativa. O objetivo é potencializar o uso sustentável dos frutos nativos do Cerrado e fortalecer as economias das comunidades agroextrativistas, visando as melhores práticas de manejo e conservação do hotspot Cerrado e do corredor Grande Sertão Veredas-Peruaçu dentro do projeto “Grande Sertão – Extrativismo, Conservação e Renda”.

Os profissionais interessados em executar os serviços apresentados terão até o dia 12 de setembro de 2020 às 23h59m (horário de Brasília), para enviarem via e-mail as suas propostas, juntamente com a documentação solicitada conforme descrito no Termo de Referência.

 

Para mais informações, entre em contato com:

José Fábio Soares

telefone: (38) 3223-2285

e-mail: cooperativagrandesertao@gmail.com

 

Acesse o Termo de Referência:

 


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

CEPF, IEB, Instituto Humanize e Instituto Nova Era promovem em setembro chamada de apoio a grande projeto para o Cerrado

4a Chamada para Cartas de Intenção (CDI)

Hotspot Cerrado

GRANDE PROJETO

 

O Fundo de Parceria Para Ecossistemas Críticos, Instituto Internacional de Educação do Brail, Instituto Humanize e Instituto Nova Era tem o prazer de convidar proponentes para a 4a Chamada Para Cartas de Intenção (CDI) voltada à receber inovadores e relevantes projetos de fortalecimento das Organizações da Sociedade Civil que trabalham na conservação do hotspot Cerrado. Será selecionado somente uma proposta no âmbito dessa chamada.

Nessa chamada desejamos aprimorar as condições técnicas e de gestão das organizações da sociedade civil no Cerrado, fortalecendo-as para a proposição, execução e gerenciamento de projetos com foco na conservação e uso sustentável da biodiversidade no hotspot. Este aperfeiçoamento se dará via capacitações inclusive na questão de gênero ligada à conservação de recurso naturais.

País elegível: Brasil
Data de abertura: segunda  feira, 7 de setembro de 2020
Data de fechamento: sexta  feira, 23 de outubro de 2020
Valor do subsídio: US $ 50.000 a US $ 250.000

Veja o mapa do hotspot de biodiversidade do Cerrado.

Leia as instruções detalhadas, critérios e restrições dessa Chamada Para Cartas de Intenção, disponível abaixo. Envie sua proposta através do portal eletrônico do ConservationGrants até 23 de outubro de 2020 às 23h59 (horário de Washington, DC). Se você não tiver uma conta ConservationGrants, precisará criar uma nova. Se você encontrar quaisquer dificuldades técnicas com o sistema, envie um email para  conservationgrants@conservation.org

MAIS INFORMAÇÕES 

Chamada Para Cartas de Intenção
– Português (PDF 278 KB) e nos seguintes links: site CEPF Cerrado e site CEPF

Perfil do Ecossistema
Português e Inglês

Resumo do Perfil do Ecossistema
Português e Inglês

MATERIAIS ADICIONAIS

•   Antes de se inscrever 
•   12 dicas para obter financiamento para sua ideia de doação 
•   Kit de ferramentas de gênero do CEPF (Português PDF – 291 KB)
•   Perguntas frequentes sobre o ConservationGrants 

 

O Fundo de Parceria Para Ecossistemas Críticos busca proteger as regiões biologicamente mais ricas e ameaçadas do planeta, conhecidas como hotspots de biodiversidade. Um objetivo fundamental é garantir o engajamento da sociedade civil na conservação da biodiversidade. O CEPF é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, Conservação Internacional, União Europeia, Fundo Global Para o Meio Ambiente, Governo do Japão e Banco Mundial.

Faça seu cadastro no site para mais informações.

 

Rede de Sementes do Cerrado contrata empresa especializada em diagnóstico para a gestão de negócio socioambiental

A Rede de Sementes do Cerrado no âmbito do projeto “Mercado de Sementes e Restauração: Provendo Serviços Ambientais e Biodiversidade” , que conta com apoio do Fundo de Parceria Para Ecossistemas Críticos e Instituto Internacional de Educação do Brasil, está contratando serviço técnico especializado para realização de DIAGNÓSTICO DO PROCESSO DE GESTÃO DE NEGÓCIO SOCIOAMBIENTAL, IMPLANTAÇÃO DE MELHORIAS PÓS-DIAGNÓSTICO E ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS, conforme Termo de Referência  abaixo.

 

As empresas interessadas devem enviar proposta para o e-mail  sementescepf@rsc.org.br até 10/08/2020.

Mais informações no site da Rede de Sementes do Cerrado.


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

MAPEAMENTO DO CERRADO: PRODUTO TÉCNICO INOVADOR

Foto: Durval Mota / Acervo AQK

CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS

Desenvolvimento de um produto de conhecimento inovador: mapeando as terras das comunidades tradicionais “invisíveis” no Cerrado

Data de abertura: 10 de julho de 2020
Data de encerramento: 21 de agosto de 2020
Data de encerramento para perguntas: 7 de agosto de 2020
Submissões: As propostas devem ser enviadas para cepf@cepf.net até a data de encerramento.

VISÃO GERAL

O Secretariado do CEPF pretende contratar um consultor para desenvolver um produto técnico inovador, em português e espanhol, que documentará as melhores práticas relacionadas à identificação e mapeamento de áreas de importância social e ambiental onde residem comunidades e populações tradicionais “invisíveis” do Cerrado.

MAIS INFORMAÇÕES


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Riacho dos Machados lança termo de referência para contratação de serviços em projeto apoiado pelo CEPF Cerrado

Foto: Aryanne Amaral / Acervo IEB

O projeto “Cuidando do Cerrado e Promover a Vida”, que é executado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Riacho dos Machados e conta com apoio do Fundo de Parceria para  Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) e Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), visa capacitar 70 famílias de agricultores(as) geraizeiros(as) das comunidades distribuídas no território de Riacho dos Machados (MG), que compõem a área prevista para a criação da Reserva de Desenvolvimento Suestetável Tamanduá e Poções.

O projeto lança o edital para contratação de empresa de consultoria especializada em gestão de recursos, boas práticas produtivas, inovação produtiva na agricultura familiar e processos de conservação de água, solo e produção de alimentos para execução de atividades ligadas ao projeto, de acordo com o termo de referência. Interessados devem enviar suas propostas até às 23h59 horas do dia 30 de agosto de 2019. Para mais detalhes sobre o processo seletivo, acesse o termo de referência.


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

Instituto Oca Brasil lança edital para Planos de Manejo em RPPNs em projeto apoiado pelo CEPF Cerrado

O projeto Criação e Implementação Integrada de Reservas Privadas Federais na Região da Chapada dos Veadeiros, que é executado pelo Instituto Oca Brasil e conta com apoio do Fundo de Parceria para  Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) e Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), visa o fomento de novas Reservas Particulares do Patrimônio Natural – RPPN e a implementação de RPPNs no entorno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

O projeto lança o edital para contratação de pessoas jurídicas de prestadores de serviços em Plano de Manejo, de acordo com o termo de referência. Interessados devem enviar suas propostas até às 18 horas do 25 de agosto de 2019. Para mais detalhes sobre o processo seletivo, acesse o termo de referência ou a página do Instituto Oca Brasil.


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

Oportunidade: Key Biodiversity Areas Partnership recruta um Ponto Focal Regional para a América Latina

via Rainforest Trust

Treze das principais organizações de conservação do mundo estabeleceram uma nova parceria ambiciosa para identificar, mapear, monitorar e conservar as áreas-chave de biodiversidade (KBAs) por meio da aplicação do Padrão KBA. O Ponto Focal da KBA na América Latina liderará e apoiará atividades e se reportará ao Chefe do Secretariado. Ele implementará um programa visionário e ambicioso para mobilizar recursos e experiências que irão identificar e mapear as principais áreas de biodiversidade, nas Américas Central e do Sul. O Ponto Focal Regional também liderará esforços para assessorar os governos nacionais na expansão de sua rede de áreas protegidas, defenderá a proteção de KBAs existentes e trabalhará com empresas privadas para minimizar e mitigar seu impacto na natureza.
A Key Biodiversity Areas Partnership foi formada em 2016 por organizações líderes na área da conservação, com o objetivo de identificar, mapear e conservar os locais mais importantes para a biodiversidade na Terra. O Secretariado da KBA foi estabelecido em 2018 para coordenar a implementação do programa. Dentro do Secretariado, os Pontos Focais Regionais são responsáveis ​​por facilitar e encorajar a formação de Grupos de Coordenação Nacional (NCGs) dentro dos países, e por apoiar o processo de propor KBAs lideradas por NCGs e outros proponentes independentes.

A Key Biodiversity Areas Partnership recruta um Ponto Focal Regional para a América Latina (América Central e do Sul), que será baseado em Medellín, na Colômbia.

As principais tarefas do Ponto Focal Regional da KBA para a América Latina serão:

  • Promover o programa KBA na América Latina
  • Ser o primeiro ponto de contato para pessoas ou instituições interessadas em identificar áreas que atendam aos critérios da KBA e propor que sejam incluídos no Banco de Dados Mundial de Áreas-Chave de Biodiversidade em suas respectivas regiões.
  • Manter uma visão geral das iniciativas de identificação da KBA em sua região, atualizando regularmente o Secretariado da KBA e os Parceiros.
  • Incentivar e apoiar o estabelecimento e funcionamento dos Grupos de Coordenação Nacional da KBA, inclusive trabalhando com eles para organizar e facilitar workshops para identificar e mapear potenciais KBAs.
  • Identificar as necessidades de treinamento dentro da região, informar o chefe do Secretariado da KBA e apoiar os esforços de angariação de fundos para o treinamento da KBA. Ajudar também na tradução de materiais de treinamento para o espanhol / português.
  • Manter contato regular com os respectivos representantes regionais da comunidade KBA e apoiar seu trabalho na região.
  • Orientar NCGs e proponentes independentes, através do processo de propor KBAs, e fornecer a primeira revisão de propostas para ajudar os proponentes.
  • Coordenar a revisão externa de propostas da região.
  • Apoiar a nomeação de propostas de áreas revisadas ​​para o Secretariado da KBA em Cambridge
  • Defender com governos nacionais e estaduais e organizações da sociedade civil a proteção de KBAs existentes.

O Ponto Focal Regional da KBA para a América Latina deve ter os seguintes conhecimentos:

  • Familiaridade com a biogeografia e contexto sociopolítico para a conservação da biodiversidade em toda a América Latina.
  • Familiaridade com organizações e instituições, em nível nacional e regional, que possam trabalhar para estabelecer grupos de coordenação nacional da KBA e/ou realizar processos para identificar KBAs.
  • Compreensão das sensibilidades políticas nacionais e regionais e capacidade de promover o programa KBA dentro do contexto regional.
  • Conhecimento dos critérios e limites da KBA e experiência em sua aplicação seria ideal, mas a vontade de aprender, sim é essencial.
  • Ter conhecimento de sua região e ser capaz de influenciar os governos e/ou a sociedade civil a envolver-se com a identificação e conservação da KBA
  • Capaz de usar ferramenta SIG.

Este cargo reporta ao Chefe do Secretariado da KBA, Dr. Andrew Plumptre, e adicionalmente ao Rainforest Trust.

Candidaturas
Os candidatos devem ter pelo menos 10 anos de experiência na América Latina, de preferência com conhecimento de vários países da região. Eles devem ser fluentes em inglês e espanhol ou português, mas capazes de se comunicar profissionalmente com falantes de espanhol e português. O cargo será baseado em Medellín, na Colômbia, nos escritórios da Fundação ProAves, uma ONG nacional.

Os candidatos interessados ​​devem enviar uma carta descrevendo sua aptidão para o cargo, junto com um currículo que inclua os contatos de pelo menos duas referências. A submissão deve ser feita até 15 de abril de 2019 para jobs@RainforestTrust.org com os arquivos nomeados da seguinte forma: name of candidate_Latin -America_RFP.

Veja a descrição da vaga em inglês no site da Rainforest Trust.


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

IEB contrata profissional de moderação/facilitação de encontro do CEPF Cerrado

O Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) contrata profissional para moderação/facilitação do encontro “Midterm Assessment/ Long-Term Vision” (Avaliação de Médio Prazo/ Visão de Longo Prazo) do Hotspot Cerrado do Fundo de Parcerias para Ecossistemas Críticos (CEPF Cerrado). Os interessados podem se candidatar à vaga até o dia 19 de março.

O CEPF é um programa conjunto da Agência Francesa para o Desenvolvimento, Conservação Internacional, União Europeia, Fundo para o Meio Ambiente Global (GEF, sigla em inglês), Governo do Japão e Banco Mundial, com vistas a oferecer financiamento para proteção de ecossistemas únicos e ameaçados – conhecidos também como hotspots de biodiversidade.

No Brasil, o CEPF conta com o apoio do IEB, que realizará evento com todos os beneficiários dos projetos vigentes. O encontro está previsto para os dias 8 a 10 de abril. Consulte o termo de referência.

Via Instituto Internacional de Educação do Brasil

 

 

Rede de Sementes do Cerrado abre oportunidade para serviços técnicos e de assessoria de comunicação em projeto apoiado pelo CEPF Cerrado

O projeto Mercado de Sementes e Restauração: Provendo Serviços Ambientais e Biodiversidade, que é executado pela Rede de Sementes do Cerrado e conta com apoio do Fundo de Parceria para  Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) e Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), atua nos principais elos da cadeia de produção de sementes nativas: os coletores de sementes, os diversos tipos de compradores de sementes e a interligação entre estes atores, no intuito de capacitar estes coletores de sementes nativas; divulgar ações e técnicas bem sucedidas de restauração e fortalecer local e regionalmente o comércio de sementes de espécies nativas do Cerrado, melhorando a interface comercial entre coletores e consumidores de sementes nativas.

Através de Termo de Referência, a Rede de Sementes do Cerrado abre duas oportunidades de contratação de prestação de serviço, uma para apoio técnico e articulação entre parceiros e interessados na produção de sementes nativas, e a outra para assessoria de comunicação e divulgação do projeto.

As atividades serão desenvolvidas de Fevereiro a Dezembro de 2019 e os interessados devem enviar currículo via e-mail para sementescepf@rsc.org.br até 01/02/2019.

Para mais informações, entre em contato com a Rede de Sementes do Cerrado.


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

Instituto Oca Brasil lança edital para área de Georreferenciamento em projeto apoiado pelo CEPF Cerrado

O projeto Criação e Implementação Integrada de Reservas Privadas Federais na Região da Chapada dos Veadeiros, que é executado pelo Instituto Oca Brasil e conta com apoio do Fundo de Parceria para  Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) e Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), visa o fomento de novas Reservas Particulares do Patrimônio Natural – RPPN e a implementação de RPPNs do entorno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Nesta primeira etapa, o projeto lança o edital para contratação de pessoas jurídicas de prestadores de serviços em Georreferenciamento, de acordo com o termo de referência. Interessados devem enviar suas propostas até às 18 horas do 31 de janeiro de 2019. Para mais detalhes sobre o processo seletivo acesse o termo de referência ou a página do Instituto Oca Brasil


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

Fundação Neotrópica do Brasil abre oportunidade de vagas no projeto União de COMDEMAs Pró-Cerrado

O projeto União de COMDEMAs Pró-Cerrado, que é executado pela Fundação Neotrópica do Brasil e conta com apoio do Fundo de Parceria para  Ecossistemas Críticos (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) e Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), visa o fortalecimento dos COMDEMAs, a fim de subsidiar decisões locais que contribuam para conservação do Cerrado e para o alcance das metas mundiais de conservação da biodiversidade.

Através dos editais 001/2018 FNB/CEPF e 002/2018FNB/CEPF a Fundação Neotrópica do Brasil abre a oportunidade de contratação temporária para um técnico na área de Geoprocessamento e outro técnico na área de Mobilização Social e Educação Ambiental. Confira os editais no link.

O período de envio dos requisitos e propostas é de 06/12/2018 a 02/01/2019, que deverão ser encaminhadas por um dos seguintes meios:

A) No email: neotropica@fundacaoneotropica.org.br

B) Correio convencional (Sedex, com Aviso de Recebimento no seguinte endereço: Rua Dois de Outubro, 165 – Bairro Recreio – CEP: 79.290-000 – Bonito – MS.

C) Entrega da documentação física, até dia 21/12/2018, diretamente na sede da Fundação Neotrópica do Brasil (Endereço: Rua Dois de Outubro, 165 – Bairro Recreio – CEP: 79.290-000 – Bonito – MS).

Contato, dúvidas e mais informações no site da Fundação Neotrópica do Brasil.


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

IEB contrata Gerente de Subvenções para o CEPF Cerrado

 

Brasília, 29 de Novembro de 2018

O IEB (Instituto Internacional de Educação do Brasil) é uma associação civil brasileira sem fins econômicos criada em 1998, cuja missão é “fortalecer os atores sociais e o seu protagonismo na construção de uma sociedade justa e sustentável”. Os objetivos institucionais do IEB são: promover a efetividade dos direitos socioambientais de povos e comunidades no campo e nas cidades; apoiar ações visando o ordenamento territorial; ampliar a incidência das políticas públicas nos territórios em que atuamos; e apoiar e implementar ações voltadas para a melhoria da gestão territorial e ambiental.

Ref.: Contratação de um profissional multilíngue qualificado para o cargo de Gerente de Subsídios do Time de Implementação Regional (RIT) do Hotspot Cerrado do Fundo de Parcerias para Ecossistemas Críticos (CEPF Cerrado), para início imediato.

 

Data de abertura: 29 de Novembro 2018                                                         

Data de encerramento: 20 de Dezembro 2018

 

Apresentação

O Instituto Internacional de Educação do Brasil deseja contratar um profissional multilíngue qualificado para o cargo de Gerente de Subsídios da Equipe de Implementação Regional (RIT) do Hotspot Cerrado do Fundo de Parcerias para Ecossistemas Críticos (CEPF Cerrado), para início imediato.

O Gerente de Subsídios é uma posição do Time de Implementação Regional (RIT, sigla em inglês) de tempo integral, em Brasília, a ser ocupada por um profissional fluente em inglês e português com as habilidades / experiência técnica e gerencial apropriadas e um forte histórico de gerenciamento de programas complexos e de longo prazo.

Principais atribuições

O Gerente de Subsídios é um cargo de dois anos e meio, em tempo integral, a ser exercido na sede do escritório do IEB, em Brasília, que terá as seguintes responsabilidades:

  • Trabalhar em estreita colaboração com o Líder da Equipe RIT no cumprimento de todas as funções dos nove componentes dos TdR RIT (consulte o Anexo 1, em inglês)
  • Ajudar o Líder da Equipe do RIT no papel de ligação entre o Secretariado do CEPF, o restante da equipe e potenciais candidatos, beneficiários e outras partes interessadas relevantes na realização do trabalho do RIT;
  • Conhecer e comprometer-se a seguir as orientações estratégicas do Perfil do Ecossistema, as prioridades de investimento e as metas do marco lógico, bem como os procedimentos exigidos no Manual Operacional do CEPF;
  • Trabalhar em estreita colaboração e interação direta com o Líder da Equipe do RIT e o Assistente do Programa na condução, apoio e coordenação do trabalho do Conselho Consultivo do CEPF Cerrado, comitês de avaliação técnica e de seleção;
  • Auxiliar o Líder da Equipe RIT na preparação e lançamento de chamadas para propostas para o Hotspot Cerrado, que inclui a produção e edição de documentos em inglês e português, gerenciamento do sistema online e coordenação das diversas etapas do processo de seleção e grandes subsídios;
  • Liderar o processo de contratação de Subsídios Pequenos no Hotspot Cerrado, que inclui o fluxo de documentos e requisitos do IEB / CEPF antes da assinatura do contrato;
  • Liderar a gestão de contratos de Pequenas Subvenções com os beneficiários, sendo assim responsável por todas as questões de gestão de contratos, pagamentos de subvenções, revisão e aprovação de relatórios financeiros e técnicos;
  • Fornecer orientações e formações diretas e constantes aos beneficiários das Pequenas Subvenções sobre as disposições do CEPF, requisitos do acordo de subvenção, instruções administrativas e financeiras durante a implementação da subvenção;
  • Ajudar o Líder da Equipe do RIT a implementar a estratégia de monitoramento e avaliação, ferramentas e relatórios (em inglês) do progresso do programa, de acordo com o Portfólio do CEPF e os Indicadores Globais, juntando-se ao Líder da Equipe do RIT e Assistente do Programa em visitas de supervisão de campo;
  • Enviar e fazer o upload de todos os documentos solicitados para Pequenas Subvenções no banco de dados online do CEPF, de acordo com os procedimentos a serem explicados durante o treinamento;
  • Ajudar o Líder da Equipe do RIT a explicar as disposições do acordo de Grandes Concessões e as instruções administrativas em português ou inglês aos beneficiários, durante a implementação da subvenção;
  • Preparar e realizar sessões de treinamento direcionadas a pequenos e grandes beneficiários, em parceria com o Líder de Equipe do RIT e o Assistente de Programa em todas as tarefas de treinamento;
  • Auxiliar o líder da equipe do RIT no papel de trabalho em rede entre os beneficiários e outras partes interessadas relevantes no Hotspot Cerrado.

Para se candidatar, os interessados deverão estudar previamente o Perfil do Ecossistema do Hotspot de Biodiversidade Cerrado do CEPF (http://cepfcerrado.iieb.org.br/cerrado/hotspot-do-cerrado/); ler com atenção a descrição da vaga em inglês e enviar a seguinte documentação para Michael Becker, Líder da Equipe do RIT (michael.becker@iieb.org.br) com cópia para o e-mail CEPF Cerrado (cepfcerrado@iieb.org.br):

  • Um CV completo e com referências pessoais e profissionais;
  • Uma carta de apresentação máximo 2 páginas, descrevendo motivações, disponibilidade, por que se qualifica para a vaga e outras informações relevantes.

Deve constar no assunto do e-mail: “vaga Gerente de Subsídios”

Em algum momento do processo de revisão, os candidatos selecionados serão entrevistados – direta ou remotamente – para uma avaliação mais aprofundada das qualificações e habilidades para o trabalho e compreensão do Perfil do Ecossistema do Hotspot Cerrado.

O nome e os currículos dos candidatos ao cargo de Gerente de Subsídios para o Hotspot Cerrado do CEPF serão submetidos ao CEPF para aprovação final, antes de sua efetiva contratação.

 

Consulte os Termos de Referência nas versões em português e inglês.


O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

Oportunidade: FUNATURA está com processo seletivo aberto para consultoria individual em diferentes funções

A Fundação Pró-Natureza – FUNATURA está com processo aberto de Seleção de Consultor Individual (Solicitação de Manifestação de Interesse) visando as seguintes funções: 
a) Um técnico para a Gestão Administrativa e Financeira do Projeto Mosaico Sertão Veredas – Peruaçu, que conta com apoio financeiro da Conservação Internacional – CI por meio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos – CEPF, conforme detalhes no Termo de Referência FUNATURA/CEPF Nº004/2017 (Prazo prorrogado até 27/11/2017– PROJETO MOSAICO SERTÃO VEREDAS – PERUAÇU, publicado no site www.funatura.org.br. Vide anexo.
b) Um técnico para a Coordenação do Tema Extrativismo Vegetal do Projeto Mosaico Sertão Veredas – Peruaçu, que conta com apoio financeiro da Conservação Internacional – CI por meio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos – CEPF, conforme detalhes no Termo de Referência FUNATURA/CEPF Nº005/2017 – PROJETO MOSAICO SERTÃO VEREDAS – PERUAÇU, publicado no site www.funatura.org.br. Vide anexo.
c) Um técnico para a Coordenação do Tema Turismo Ecocultural de Base Comunitária do Projeto Mosaico Sertão Veredas – Peruaçu, que conta com apoio financeiro da Conservação Internacional – CI por meio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos – CEPF, conforme detalhes no Termo de Referência FUNATURA/CEPF Nº006/2017 – PROJETO MOSAICO SERTÃO VEREDAS – PERUAÇU, publicado no site www.funatura.org.br. Vide anexo.
d) Um técnico para a Elaboração do Zoneamento Socioambiental do Mosaico Sertão Veredas – Peruaçu referente ao Projeto Mosaico Sertão Veredas – Peruaçu, que conta com apoio financeiro da Conservação Internacional – CI por meio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos – CEPF, conforme detalhes no Termo de Referência FUNATURA/CEPF Nº007/2017 – PROJETO MOSAICO SERTÃO VEREDAS – PERUAÇU, publicado no site www.funatura.org.br. Vide anexo.
e) Um técnico para a Elaboração de Mapas Temáticos para subsidiar o Zoneamento Socioambiental do Mosaico Sertão Veredas – Peruaç referente ao Projeto Mosaico Sertão Veredas – Peruaçu, que conta com apoio financeiro da Conservação Internacional – CI por meio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos – CEPF, conforme detalhes no Termo de Referência FUNATURA/CEPF Nº008/2017 – PROJETO MOSAICO SERTÃO VEREDAS – PERUAÇU, publicado no site www.funatura.org.br. Vide anexo.
Para participar da seleção, os candidatos deverão enviar por e-mail o currículo detalhado até às 23h59min do dia 28/11/2017 para: funatura@funatura.org.br. Mais informações no site da FUNATURA.
FUNATURA: +55 (61) 3274-5449