Viveiro de mudas para produção agroflorestal na Aldeia Brejão

 

Direção estratégica 3: Promover e fortalecer as cadeias produtivas associadas com o uso sustentável dos recursos naturais e a restauração ecológica

Instituição: Associação Hanaiti Yomo’omo

Responsável: Alexandro da Silva Souza
E-mail: btacterena@hotmail.com
Telefones: + 55 (67) 9 9649-6979 / 9 9852-8950

Corredor: Outros corredores (Miranda – Bodoquena)
Municípios: Nioaque (MS)
Áreas protegidas: Terra Indígena de Nioaque Aldeia Brejão

Objetivo geral: Incluir indígenas no processo de desenvolvimento da comunidade, visando a garantia de uma alternativa sustentável na segurança alimentar, o uso de novas tecnologias sociais, uso sustentável do solo e de espécies vegetais do Cerrado, assim como a agregação de valor e geração de renda por meios de produtos agrícolas e extrativistas.

Objetivos específicos:

  • Construir um viveiro florestal de 150 m², para produção de espécies vegetais do cerrado, hortaliças e frutíferas para o consumo e a geração de renda.
  • Manejar e cuidar das áreas onde serão plantadas hortaliças, frutíferas e espécies vegetais do Cerrado, trabalhando assim o processo de monitoramento e avaliação das áreas cultivadas.
  • Capacitar membros da comunidade em transição agroecológica e sistemas agroflorestais para o cultivo de hortaliças e frutas junto às espécies vegetais do Cerrado.
  • Disseminar a produção agroflorestal na Aldeia Brejão ao público indígenas e parceiros para ampliar os conhecimentos científico e tradicional.
  • Incluir indígenas da Aldeia Brejão na execução e acompanhamento do projeto viveiro de mudas para produção agroflorestal, para garantir o empoderamento da comunidade e a sustentabilidade do projeto.

Valor do apoio: R$ 60.000,00

Duração: 12 meses (Dezembro/2017 a Dezembro/2018)

 

Imagens cedidas pela Associação Hanaiti Yomo’omo

 

Área de atuação do projeto.