Implementação das Cotas de Reservas Ambientais (CRAs) no Mato Grosso e oportunidades em Goiás e Tocantins

 

Direção estratégica 3: Promover e fortalecer as cadeias produtivas associadas com o uso sustentável dos recursos naturais e a restauração ecológica

Instituição: Conservation Strategy Fund (CSF-Brasil)

Responsável: Pedro Gasparinetti Vasconcellos
E-mail: pedro@conservation-strategy.org
Telefone: +55 (21) 3875-8235

Corredores prioritários: Veadeiros-Pouso Alto-Kalungas; Central de Matopiba; Sertão Veredas-Peruaçu e Mirador-Mesas
Municípios: Toda a extensão do estado do Mato Grosso
Áreas protegidas: Não

Objetivo geral: Analisar a viabilidade econômica e os ganhos ambientais de uma possível implementação do mercado de CRA (Cota de Reserva Ambiental) no estado do Mato Grosso, além de investigar as oportunidades de implementação do mercado de CRA nos estados de Tocantins e Goiás.

Objetivos específicos:

  • Engajar em ações de articulação política ao longo de todo projeto.
  • Apresentar resultados ao governo e outras partes interessadas.
  • Coletar dados (preços de terra, lucros agrícolas, déficits de reservas legais, cobertura de vegetação nativa e localização de áreas de conservação prioritárias) e realizar análise econômica. O trabalho analítico será redigido e divulgado como um relatório técnico.

Valor do apoio: U$100.000,00

Duração: 12 meses

 

Imagens cedidas pelo CSF

 

Cerrado/©Pedro Gasparinetti                                                                                Pseudobombax longiflorum/©Mauro Guanandi

 

Área de atuação do projeto.