Fortalecimento da gestão territorial integral nas áreas especialmente protegidas do Mosaico Sertão Veredas-Peruaçu

 

Direção estratégica 2: Apoiar a criação/expansão e a gestão eficaz das áreas protegidas

Instituição: Fundo Mundial para a Natureza – WWF

Responsáveis: Júlio César Sampaio e Kolbe Soares Santos
E-mail:  julio@wwf.org.br, kolbesantos@wwf.org.br
Telefone: +55 (61) 3364-7400

Corredor prioritário: Sertão Veredas–Peruaçu
Municípios: (MG) Arinos, Formoso, Chapada Gaúcha, Urucuia, Januária, Bonito de Minas, Cônego Marinho, Miravânia, Manga, São João das Missões, Itacarambi; (BA) Cocos
Áreas protegidas: Refúgio de Vida Silvestre do Oeste Baiano, Parque Nacional Grande Sertão Veredas, Estação Ecológica de Sagarana, Reserva de Des. Sustentável Veredas do Acari, Parque Estadual Serra das Araras, Área de Proteção Ambiental de Pandeiros, Refúgio de Vida Silvestre de Pandeiros, Área de Proteção Ambiental Cochá Gibão, Área de Proteção Ambiental Cavernas do Peruaçu, Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, Parque Municipal Salustriano, Parque Estadual da Mata Seca, RPPN Porto Cajueiro, RPPN Aldeia, RPPN Arara Vermelha, Terra Indígena Xakriabá Rancharia, Terra Indígena Xakriabá, Comunidade Quilombola São Félix, Comunidade Quilombola do Onça e Lambedouro e Comunidade Quilombola Retiro dos Bois

Objetivo geral: Atuar na integração e fortalecimento da gestão das áreas especialmente protegidas do MSVP.

Objetivos específicos:

  • Criar e implantar Grupo de Trabalho no âmbito do Mosaico, para a proteção e monitoramento das áreas protegidas.
  • Elaborar e implantar um Plano Integrado de monitoramento do uso do solo e da água no MSVP.
  • Elaborar e implantar um Plano Integrado de prevenção e combate aos incêndios florestais.
  • Integrar efetivamente ações de monitoramento e fiscalização no MSVP.
  • Criar e implementar os sete Conselhos Consultivos das UCs e do Mosaico.
  • Realizar capacitações e intercâmbio para os membros dos Conselhos das UCs e do Mosaico.
  • Monitorar projetos em execução e seus impactos no território.
  • Implementar estratégia de fortalecimento dos 3 empreendimentos comunitários no território, com foco na cadeia produtiva do extrativismo vegetal sustentável.
  • Criar um plano de comunicação para a valorização das áreas protegidas do Mosaico, divulgando as iniciativas desenvolvidas no território.
  • Atualizar e manter web site e redes sociais, implementando plataformas interativas para o Mosaico.
  • Criar e divulgar um boletim virtual das ações no Mosaico.
  • Apoiar a comunicação dos eventos socioambientais e culturais que ocorrem no território.

Valor do apoio: U$187.000,00

Duração: 36 meses (Julho 2017 a Junho 2020)

 

Imagens cedidas pelo WWF

 

Cerrado/©Bento Viana                                                                  Rio Peruaçu, Januária, MG/©André Dib

 

Área de atuação do projeto.