Cerrativismo formando pessoas e organizações para conservar o Cerrado

 

Direção estratégica 6: Fortalecer a capacidade das organizações da sociedade civil

Instituição: ISPN – Instituto Sociedade, População e Natureza

Instituições parceiras: Agência 10Envolvimento, Escola de Ativismo e Associação dos Advogados dos Trabalhadores Rurais

Responsável: Isabel Figueiredo
E-mail:  isabel@ispn.org.br
Telefone: +55 (61) 3327-8085

Corredores prioritários: Central de MATOPIBA e Sertão Veredas-Peruaçu
Municípios: (BA) Formosa do Rio Preto, Santa Rita de Cássia, Riachão das Neves, Barreiras, São Desidério, Correntina, Baianópolis, Jaborandi, Cocos, Santa Maria da Vitória, entre outros
Áreas protegidas: APA do Rio de Janeiro, APA de São Desidério, APA do Rio Preto, ESEC Serra Geral do Tocantins, ESEC do Rio Preto, PARNA Grande Sertão Veredas, Refúgio da Vida Silvestre Veredas do Oeste Baiano e Parque Municipal da Lagoa Azul

Objetivo geral: Fortalecer a atuação da sociedade civil na defesa do bioma Cerrado por meio da aplicação de metodologia de fortalecimento de organizações e lideranças em uma região altamente ameaçada pelo agronegócio.

Objetivos específicos:

  • Fortalecer a Articulação da Sociedade Civil no Oeste da Bahia – por meio de mobilização e articulação de atores locais voltadas à formação do conselho do projeto que terá o papel de definir e pactuar um plano de fortalecimento da sociedade civil da região, bem como, acompanhar os componentes de formação.
  • Formação de Lideranças por meio de curso de formação em quatro módulos.
  • Fortalecimento de Organizações e Disseminação da experiência, por meio de processo de formação em Desenvolvimento Organizacional Participativo (DOP).
  • Apoio à implementação dos Planos de Mudança das organizações.
  • Disseminação da experiência do projeto, visando fortalecer as articulações para a defesa do Cerrado

Valor do apoio: U$ 298.000,00

Duração: 30 meses

 

Imagens cedidas pelo ISPN

Área de atuação do projeto.