Início » Notícias » Estratégias Políticas para o Cerrado foram lançadas em Brasília no dia 04/09

Estratégias Políticas para o Cerrado foram lançadas em Brasília no dia 04/09

Méle Dornelas/Acervo ISPN

 

O documento “Estratégias Políticas para o Cerrado” foi fruto de um processo de construção coletiva de diversas organizações da sociedade civil, como Instituto Centro de Vida (ICV), Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), Instituto Socioambiental (ISA), Rede Cerrado e WWF-Brasil. A entrega simbólica do documento foi realizada pela Secretária Executiva da Rede Cerrado, Kátia Favilla, no evento “Desenvolvimento para Sempre – compromisso ambiental dos candidatos às eleições 2018” organizado pela Frente Parlamentar Ambientalista.

O documento reúne 27 recomendações em defesa do Cerrado e de seus povos e comunidades tradicionais, que foram baseadas em resultados de consultas interinstitucionais, incluindo a realização do Seminário Estratégia Nacional para o Cerrado no âmbito da Câmara dos Deputados e uma oficina de trabalho, que contou com apoio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF Cerrado). Nessa oportunidade, além das organizações realizadoras, outras 13 organizações da sociedade civil e da academia colaboraram com o processo.

Leia matéria completa e acesse o documento na íntegra no site da Rede Cerrado.

 

Ato de entrega do documento Estratégias Políticas para o Cerrado. Méle Dornelas/Acervo ISPN
Ato de entrega do documento Estratégias Políticas para o Cerrado. Méle Dornelas/Acervo ISPN
Ato de entrega do documento Estratégias Políticas para o Cerrado. Méle Dornelas/Acervo ISPN

O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta da Agência Francesa de Desenvolvimento, da Conservação Internacional, União Europeia, da Gestão Ambiental Global, do Governo do Japão, da Fundação MacArthur e do Banco Mundial. Uma meta fundamental é garantir que a sociedade civil esteja envolvida com a conservação da biodiversidade.

 

 

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *