Home » governance

Tag: governança

Promoting Governance and Conservation of Water Resources in the Cerrado

A principal ameaça à biodiversidade do Cerrado é o desmatamento. E a maior parte da cobertura vegetal original ainda restante tem sido alvo de vários tipos de interferência. Nas últimas cinco décadas, o bioma tem sido a principal área de expansão agrícola e consolidação do agronegócio brasileiro, levando à perda de metade da cobertura vegetal original deste hot spot – ecossistema único e ameaçado. Nesta conjuntura, o Cerrado que é considerado um dos biomas mais ameaçados do nosso planeta, ilustra muito bem os desafios e oportunidades de conciliar desenvolvimento econômico com conservação dos ecossistemas terrestres e aquáticos.

Neste artigo intitulado “Promoção da governança e conservação dos recursos hídricos no Cerrado”, que foi publicado na revista científica Conservation Science and Practice, os pesquisadores de Singapura, Estados Unidos, Brasil e Alemanha avaliaram o estado da arte e apresentaram novas informações sobre os impactos da expansão agrícola, represas e uso da água no Cerrado. A partir destas informações, o grupo fez recomendações para o manejo, conservação e restauração das bacias hidrográficas e ecossistemas do Cerrado que estão diretamente relacionados à água.

Leia o artigo na íntegra on here.

De acordo com os pesquisadores, “a conservação do Cerrado exige, não apenas a conservação de remanescentes de sua vegetação, mas também a capacidade de manter a funcionalidade hidrogeomorfológica e ecológica de seus rios, particularmente o rio Araguaia, o último grande sistema bem preservado”. O grupo conclui seu trabalho ressaltando que se mantivermos este modelo usual de desenvolvimento no Cerrado, que já vem sendo implementado há décadas, os ecossistemas ribeirinhos do bioma possivelmente nunca se reestruturem novamente.

Rio Carinhanha no entorno do Parque Nacional Grande Sertão Veredas. Foto: ©Germano Neto/Acervo FUNATURA

Um dos autores deste trabalho e pesquisador da Universidade Federal de Goiás, Dr. Manuel Ferreira, vem trabalhando com uma equipe de pesquisadores e instituições da sociedade civil no projeto “Plataforma de Conhecimento do Cerrado”. The project is executed by Image Processing and Geoprocessing Laboratory (LAPIG) e conta com o apoio do Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF, in English for Critical Ecosystem Partnership Fund) and Brazilian International Institute of Education (IEB) e visa compartilhar dados, informações e conhecimento entre as várias partes interessadas no Cerrado e empoderar a sociedade civil, por meio de informações confiáveis e ferramentas de monitoramento dos ecossistemas do Cerrado.

The Image Processing and Geoprocessing Laboratory (LAPIG) está vinculado ao Instituto de Estudos Socioambientais (IESA) da Universidade Federal de Goiás (UFG). As suas atividades foram iniciadas em 1994 e contribuíram desde então com a elaboração de diversas monografias, dissertações e teses, além da oferta de disciplinas de sensoriamento remoto, cartografia digital e sistemas de informações geográficas. Em 2010, deram início aos “Geocursos”, um projeto de extensão que oferta cursos de curta e média duração no âmbito das geotecnologias, oferecidos para a comunidade em geral. A pesquisa configura‐se como uma importante frente de atuação com vistas à produção e/ou organização de dados geográficos e documentais voltados ao monitoramento territorial e ambiental dos biomas brasileiros e respectivas paisagens naturais e antrópicas.


The Critical Ecosystem Partnership Fund is a joint initiative of the French Development Agency, Conservation International, the European Union, Global Environmental Management, the Government of Japan and the World Bank. A key goal is to ensure that civil society is involved in biodiversity conservation.

 

 

Xavante Etenhiritipá Association starts project focused on governance and payment for environmental services

Foto: Aryanne Amaral/Acrevo IEB

No último dia 9 de julho, o diretor presidente da Associação Xavante Etenhiritipá (AXE), Jurandir Siridiwe e a pesquisadora Fernanda Viegas Reichardt, se reuniram em São Paulo com a Procuradora Regional da República da 3ª Região (4ª CCR/MPF) e Gerente do Projeto Conexão Água do Ministério Público Federal, Sandra Akemi Shimada Kishi.

A razão desse encontro foi dar início à governança e iniciar um diálogo formal com o Ministério Público Federal sobre os objetivos do projeto “Pagamento por Serviços Ambientais – PSA e a adoção de práticas sustentáveis que contribuam a qualidade, a quantidade e com o regime de vazão das águas das bacias hidrográficas Tocantins-Araguaia e Amazônica (Sub-bacia do Rio Xingu)”.

Neste encontro, a equipe discutiu a possbilidade de ampliação da área do projeto, como sugestão da Dra. Sandra, que incluiria as regiões conhecidas pelo povo Xavante como Sõrepré  e Wedezé. Sõrepré é território considerado como “berço da cultura Xavante”, localizado ao Norte da Terra Indígena (TI) Pimentel Barbosa, que ainda não foi homologado ou demarcado como Terra Indígena. Há uma hipótese de que esta seja uma área de recarga de aquífero, mas ainda não existem dados para comprovar. Wedezé é o local de nascimento de muitos Xavantes que hoje habitam a Aldeia Etenhiritipá. É território contíguo a TI Pimentel Barbosa, localizado na margem direita do Rio das Mortes. Atualmente, Wedezé encontra-se ocupado por propriedades rurais com áreas que variam de 600 hectares a 25 mil hectares.

Para Fernanda Reichardt, “este encontro foi uma conversa inicial, mas essencial para iniciarem a discussão da criação do plano de ação que atuará na governança e viabilização do PSA no território Xavante”.

Confira a entrevista do diretor presidente da Associação Xavante Etenhiritipá (AXE), Jurandir Siridiwe no programa Nação Futebol:


The Critical Ecosystem Partnership Fund is a joint initiative of the French Development Agency, Conservation International, the European Union, Global Environmental Management, the Government of Japan and the World Bank. A key goal is to ensure that civil society is involved in biodiversity conservation.

 

 

Meeting promotes strengthening of Municipal Environmental Councils in Mato Grosso do Sul

The project Union of Pro-Cerrado COMDEMAS, which is run by Neotropic Foundation of Brazil and has the support of Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF, Critical Ecosystem Partnership Fund) and International Institute of Education of Brazil (IEB), Its objective is to strengthen the Municipal Environment Councils (COMDEMAs) to support local decisions that contribute to the conservation of the Cerrado and to the achievement of global biodiversity conservation goals.

In order to empower the council on conservation issues to propose public policies for the protection and conservation of the Cerrado, Neotropic Foundation of Brazil in partnership with WWF-Brazil and Mamede Institute, will promote next Monday (13)at 8.30 am '1st Meeting of Miranda-Bodoquena Corridor COMDEMAS' at Sebrae, located on Cel. Pilad Rebua, 2480, in Bonito, MS. Interim Executive Superintendent of the Neotropic Foundation of Brazil, Rodolfo Portela Souza, reports that “the intention is to promote the strengthened and integrated action of the representatives of the Municipal Environment Councils of the municipalities inserted in the Miranda-Serra da Bodoquena Corridor; so that they can contribute to the fulfillment of global goals for the conservation of the Cerrado biome ”. During the event, Carlos Alexandre Silva, president of National Federation of Environment Councils (FECONDEMA), will give the lecture 'Importance of Environment Councils in Municipal Environmental Management - Environment Fund as a Resource for Effective Public Policies - Atlantic Forest Municipal Plan as a Guideline for Sustainability of Local Biomes'.

The project activities Union of Pro-Cerrado COMDEMAS started in 2018. Since then, 72 people have been mobilized by actions in the municipalities that are part of the Miranda-Bodoquena Corridor and have an incidence on biomes Cerrado, Pantanal and Atlantic Forest in Mato Grosso do Sul. The first action organized by (COMDEMAS) was to make a diagnosis on the legal status of the councils in the municipalities covered by the project. Rodolfo Portela Souza reports that these surveys were conducted through the promotion of participatory methodologies, as well as the training of counselors, aiming to level the knowledge based on positive actions for the conservation and management of the Cerrado in the Project's region of operation. “The result is being positive. During this period we were able to train and strengthen the councils that were already active, revive some that were inactive and start the mobilization process for the creation of these councils in municipalities that do not have this collective ”, he explains.

See the full article on site of the Journal Now MS!

For more information, contact the Neotropic Foundation of Brazil!


The Critical Ecosystem Partnership Fund is a joint initiative of the French Development Agency, Conservation International, the European Union, Global Environmental Management, the Government of Japan and the World Bank. A key goal is to ensure that civil society is involved in biodiversity conservation.

 

 

The 1st Meeting of the Midwest Environmentalists took place in Brasilia

 

 

Entre os dias 22 e 23 de agosto (2018) ocorreu no auditório do Hotel Nacional o 1º Encontro das Entidades Ambientalistas do Centro-Oeste, promovido pela Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (RENCTAS), executado através do projeto “I FENACO – Fórum das Entidades Ambientalistas do Centro-Oeste”, que conta com apoio do International Institute of Education of Brazil It's from Fundo de Parceria para Ecossistemas Crísticos (CEPF Cerrado)

O evento contou com a participação de instituições representantes dos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e o Distrito Federal. O intuito do fórum é capacitar, ampliar e fortalecer a participação da sociedade civil organizada da região Centro-Oeste nas instâncias decisórias do poder público, em especial, no CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente.

Na ocasião foram levantados, por estados e por biomas, temas relevantes relacionados ao Pagamento por Serviços Ambientais, Áreas Úmidas, Gestão de Resíduos Sólidos, Educação Ambiental, Restauração, Fortalecimento dos Conselhos de Meio Ambiente, Gestão de Unidades de Conservação, etc. Alguns destes temas serão levados ao CONAMA na forma de resoluções, proposições, recomendações e/ou moções.

Dentro da programação do evento o grupo teve a oportunidade de acompanhar a 130º Reunião da Plenária do CONAMA, promovida no dia 23 de agosto, onde foi apresentada por Raulff Lima, coordenador executivo da RENCTAS, a iniciativa do Fórum das Entidades Ambientalistas do Centro-Oeste e suas instituições participantes. Ao final, as entidades foram recebidas pelo Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, que foi apresentado ao Fórum e as entidades que o compõem. Nessa oportunidade foi relatado ao ministro alguns dos problemas ambientais que as entidades vem enfrentando nas suas regiões e áreas de atuação, assim como o objetivo deste encontro e do fórum.

 

1a reunião do Fórum das Entidades Ambientalistas do Centro-Oeste. Foto: Aryanne Amaral / IEB
130o reunião da Plenária do CONAMA no auditório do IBAMA. Foto: Aryanne Amaral / IEB
Entidades do Fórum Ambientalista do Centro-Oeste reunidas com o Ministro do Meio Ambiente durante reunião do CONAMA. Foto: Aryanne Amaral / IEB

 


The Critical Ecosystem Partnership Fund is a joint initiative of the French Development Agency, Conservation International, the European Union, Global Environmental Management, the Government of Japan, the MacArthur Foundation and the World Bank. A key goal is to ensure that civil society is involved in biodiversity conservation.

 

 

 

Union of Pro-Cerrado COMDEMAs

 

Yesterday (26), the Neotropic Foundation of Brazil began its activities of elaborating the Miranda Municipal Environment Council (MS) Action Plan.
On this occasion was invited to Dr. Livia Medeiros, specialist in caving, gave a lecture on Conservation of Underground Biodiversity and its relationship with the conservation of the Cerrado.
This is an action made possible by the project Pro-Cerrado COMDEMAs Union: Mobilizing Actors in the Miranda-Bodoquena Corridor & #8221;, which is sponsored by the Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF) Critical Ecosystem Partnership Fund) with the support of the International Institute of Education of Brazil (IEB).

Want to know more about this initiative?

Access: https://goo.gl/jD2hsB

 

 

 

Sertão Veredas-Peruaçu Mosaic Project holds meetings of the Working Groups in Januária (MG)

Continuing the activities of the Sertão Veredas-Peruaçu Mosaic Project, the meetings of the Working Groups are debated in Januária (MG), which are discussing the themes that are central to the revision of the Conservation Based Territorial Development Plan & #8211; DTBC and the elaboration of the Socio-Environmental Mosaic Zoning.

From 03 to 06/04 the members of the Working Groups of the Mosaic Waters, Private Initiative, Agroecology and Extractivism, Integrated Management of Conservation Units and Tourism met. The meeting was held at the premises of the Federal University of Montes Claros - UNIMONTES, on the campus of Januária (MG).

In this opportunity, the participants of the groups representing the various sectors operating in the area covered by the Mosaic, could evolve in their proposals for the elaboration of the CBD Plan and the contribution to the Socio-Environmental Zoning. The methodology of working with maps of the region has been the main tool for the debate with the traditional, indigenous and quilombola communities of the Sertão Veredas-Peruaçu Mosaic.

 

Text by Fernando Lima

 

Waters of Mosaic Working Groups, Private Initiative, Agroecology and Extractivism, Integrated Management of Conservation Units and Tourism. Photo: Paulo Henrique / Funatura
Presentation by Cesar Victor do Espírito Santo, Superintendent of Funatura. Photo: Paulo Henrique / Funatura

 

 

Fórum do Clima acontecerá no DF entre os dias 28 e 29 de novembro

The Fórum do Clima que acontecerá aqui no Distrito Federal entre os dias 28 e 29 de novembro, auditório Águas Claras no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, tem o propósito de discutir, centrado em três temas estratégicos, os cenários e alternativas de adaptação às mudanças climáticas; as emissões de gases de efeito estufa do Distrito Federal e opções de mitigação e a governança climática.

Na reunião plenária de encerramento será lida a proposta do decreto de criação do fórum, submetida à consulta dos participantes, e encaminhada ao governador de Brasília. Esta proposta trata  da criação de instâncias de governança climática no DF, da consolidação do Fórum como instituição permanente, e ainda propõe a instalação de um painel científico para subsidiar tomadores de decisão.

As vagas estão limitadas a 200 participantes e as inscrições devem ser realizadas no site da SEMA-DF. A programação completa está disponível on here.

A matéria completa sobre o Fórum pode ser acessada no site da SEMA/DF.

Mais informações:

Email: comunicacaosema@gmail.com

Telefone: (61) 3214 – 5611