Banner_Oportunidades_Investimento

Em contraste com o tamanho do Cerrado e a escala de ameaças que enfrenta a região, as oportunidades de financiamento para as organizações da sociedade civil que desejam se engajar nas atividades de conservação são atualmente limitadas.

O investimento do CEPF será usado para alavancar, reforçar e ampliar as oportunidades de apoio financeiro, bem como de cooperação técnica, no Brasil e no exterior, incluindo um foco tri-nacional com a Bolívia e o Paraguai, conforme for necessário.

As principais prioridades em termos de objetivos de conservação para o Cerrado ao longo dos próximos cinco anos incluem:

  • evitar ou minimizar a quantidade de novas devastações de terras,
  • restaurar terras degradadas para a recriação da conectividade ecológica
  • expandir a rede de áreas protegidas

Além dos grupos da sociedade civil, o investimento CEPF terá como alvo as comunidades locais de pequenos agricultores, povos indígenas e tradicionais e redes da sociedade civil com grande necessidade de desenvolvimento de capacidades.

O engajamento do setor privado e do governo também são essenciais para a conservação bem-sucedida do Cerrado. Serão priorizados o fortalecimento das associações e cooperativas de produtores, agricultores e comunidades extrativistas; a promoção da integração de cadeias de produção sustentáveis; e a criação de incentivos para iniciativas empresariais sustentáveis.

O CEPF apoiará também iniciativas que promovam o diálogo e a cooperação entre as organizações da sociedade civil e agências governamentais relevantes.

Os investimentos do CEPF no Cerrado visam ter um impacto permanente na capacidade da sociedade civil de influenciar positivamente as políticas públicas e iniciativas privadas que visam a conservação e o desenvolvimento sustentável do hotspot. Ao investir em uma das regiões mais importantes do mundo para insumos agrícolas, o CEPF ajudará a aumentar a eficácia e a escala de práticas sustentáveis do agronegócio.